Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Departamento Federativo das Mulheres Socialistas de Bragança - Na Imprensa

Mulheres Socialistas querem Deputada por Bragança

As mulheres socialistas do distrito querem que nas próximas eleições legislativas a lista de candidatos do PS por Bragança inclua um nome do sexo feminino nos primeiros dois lugares.

A reivindicação foi feita durante o segundo encontro de mulheres socialistas do distrito de Bragança, que decorreu no passado fim-de-semana.

“A lei da paridade obriga que todas as listas cumpram a questão das quotas em que a cada três pessoas uma seja de género diferente”, explica Júlia Rodrigues, presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas do distrito de Bragança. Por isso, “é obrigatório que nos três primeiros lugares haja pelo menos uma mulher” e a proposta que foi feita é que, “sendo eleitos dois deputados pelo PS, um deles seja uma mulher”.

Esta responsável considera que “era importante” que isso acontecesse porque “era um sinal político decisivo para o distrito” e uma prova “de que o PS estava na frente no cumprimento da lei da paridade”.

Júlia Rodrigues não quer, no entanto, avançar com o nome que deveria ocupar um dos primeiros dois lugares na lista de candidatos.

Neste encontro, defendeu-se também que deveria haver mais mulheres socialistas candidatas às câmaras municipais.

Neste contexto, Júlia Rodrigues, que é também presidente da concelhia PS de Mirandela, manifesta-se disponível para encabeçar essa luta. “Em tempo oportuno serão anunciadas as candidaturas às autárquicas, mas eu nunca coloquei de parte essa si-tuação e estarei sempre disponível para todas as lutas”, afirmou.

No distrito de Bragança existem cerca de 400 mulheres militantes do Partido Socialista.

 

Por: Sandra Bento in Semanário Transmontano

publicado por Mulheres Socialistas de Bragança às 20:16

link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Luís Miguel Lopes a 28 de Janeiro de 2009 às 14:48
Independentemente de acreditar que o sexo forte são as mulheres... concordo com a eleição de uma deputada para a assembleia da república. Quanto à lei da paridade, a mesma, deveria ser cumprida na sua totalidade em todas as listas às juntas de freguesias e às camaras municipais do distrito de Bragança, caso contrário o partido socialista estará a ser incoerente com as leis que aprova...

Comentar post

Ligações

Artigos Recentes

A todas as Mulheres do Di...

Departamento Federativo d...

Departamento Federativo d...

Departamento Federativo d...

Departamento Federativo d...

Departamento Federativo d...

Arquivo

Março 2009

Janeiro 2009

Ligações

subscrever feeds

tags

todas as tags