Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Departamento Federativo das Mulheres Socialistas de Bragança - Na Imprensa

Mulheres Socialistas querem Deputada por Bragança

As mulheres socialistas do distrito querem que nas próximas eleições legislativas a lista de candidatos do PS por Bragança inclua um nome do sexo feminino nos primeiros dois lugares.

A reivindicação foi feita durante o segundo encontro de mulheres socialistas do distrito de Bragança, que decorreu no passado fim-de-semana.

“A lei da paridade obriga que todas as listas cumpram a questão das quotas em que a cada três pessoas uma seja de género diferente”, explica Júlia Rodrigues, presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas do distrito de Bragança. Por isso, “é obrigatório que nos três primeiros lugares haja pelo menos uma mulher” e a proposta que foi feita é que, “sendo eleitos dois deputados pelo PS, um deles seja uma mulher”.

Esta responsável considera que “era importante” que isso acontecesse porque “era um sinal político decisivo para o distrito” e uma prova “de que o PS estava na frente no cumprimento da lei da paridade”.

Júlia Rodrigues não quer, no entanto, avançar com o nome que deveria ocupar um dos primeiros dois lugares na lista de candidatos.

Neste encontro, defendeu-se também que deveria haver mais mulheres socialistas candidatas às câmaras municipais.

Neste contexto, Júlia Rodrigues, que é também presidente da concelhia PS de Mirandela, manifesta-se disponível para encabeçar essa luta. “Em tempo oportuno serão anunciadas as candidaturas às autárquicas, mas eu nunca coloquei de parte essa si-tuação e estarei sempre disponível para todas as lutas”, afirmou.

No distrito de Bragança existem cerca de 400 mulheres militantes do Partido Socialista.

 

Por: Sandra Bento in Semanário Transmontano

publicado por Mulheres Socialistas de Bragança às 20:16

link do post | comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Departamento Federativo das Mulheres Socialistas de Bragança - Na Imprensa

Mulheres socialistas reúnem-se em Bragança

O II Encontro de Mulheres Socialistas do Distrito de Bragança realizou-se no passado Domingo dia 11 de Janeiro na Biblioteca da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, em Bragança.

Mota Andrade, Presidente da Federação Distrital deu início a esta sessão subordinada ao tema “As Mulheres e a Política”, dando as boas vindas a todas as mulheres presentes, especialmente à Presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas, Manuela Augusto, que veio de Lisboa propositadamente para este encontro, apesar das más condições meteorológicas.

Neste II Encontro de Mulheres Socialistas do Distrito de Bragança, foi também apresentado e distribuído o livro “Na Política, as Mulheres são Capazes”, publicado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, da Presidência do Conselho de Ministros.

Maria de Lurdes Pontes (Presidente da Junta de Freguesia de Torre de Moncorvo), Berta Nunes (Coordenadora da Sub-Região de Saúde de Bragança), Gracinda Peixoto (Vereadora da Câmara Municipal de Vila Flor), Teresa Barreira (Directora do Centro Distrital de Segurança Social), Ana Rodrigues (Ex-Deputada do Distrito de Bragança) e Rita Messias (Directora de um Centro de Novas Oportunidades), deram os seus testemunhos e partilharam com todas as presentes como conseguiram impor-se no mundo do trabalho e no mundo da política, onde a entrada das mulheres é quase “vedada”, fazendo com que o debate sobre “As Mulheres e a Política”, se tornasse muito interessante e profícuo.

Coube a Júlia Rodrigues, Presidente do DFMS do Distrito de Bragança, fazer a sessão de encerramento deste II Encontro ao lado de Jorge Gomes, Governador Civil de Bragança.

 

In Notícias do Nordeste

publicado por Mulheres Socialistas de Bragança às 21:20

link do post | comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Ligações

Artigos Recentes

Departamento Federativo d...

Departamento Federativo d...

Arquivo

Março 2009

Janeiro 2009

Ligações

subscrever feeds

tags

todas as tags